ANSA

Promovendo a justiça e a solidaridade no Araguaia
Outubro
8
2019

O relato é de Maximino Cerezo, sacerdote católico, religioso claretiano e artista plástico espanhol, em artigo publicado por Religión Digital, 01-08-2017. A publicação em português é do Instituto Humanitas Unisinos.

Agosto
27
2019

Pedro Casaldáliga é uma figura global. Reconhecido no mundo todo pelo seu compromisso, sua coerência e sua luta em favor dos camponeses sem terra, dos povos indígenas e dos que mais sofrem. Mas, como é o seu trabalho concreto, dia a dia, na região onde vive há mais de 50 anos?

Julho
16
2019

"A Nespresso e a Starbucks compraram café de uma hacienda com trabalhadores escravizados".

Com essa manchete, a ONG Repórter Brasil, especializada em trabalho escravo, denunciava em abril deste ano o caso da fazenda Cedro II no estado de Minas Gerais, flagrada com casos de trabalho escravo, continuava vendendo café para a Nestlé e a Starbucks.

Julho
13
2019

El día de su consagración como Obispo, en 1971, Pedro Casaldáliga publicó lo que sería la primera denuncia mundial sobre la situación de la Amazonía.

La carta pastoral "Uma Igreja na Amazonia em conflito como o latifundio e a marginalização social" es un documento histórico que marca un antes y un después en la defensa de los pueblos indígenas, del medio ambiente, de la situación de la mujer y en la lucha contra la pobreza y la marginalización. Es la primera vez que un Obispo se posiciona tan abiertamente en la Amazonía.

Julho
8
2019

"Por onde passei, plantei a cerca farpada, plantei a queimada. Por onde passei, plantei a morte matada. Por onde passei, matei a tribo calada, a roça suada, a terra esperada... Por onde passei, tendo tudo em lei, eu plantei o nada" Pedro Casaldáliga

Junho
27
2019

Hace unos 20 años, Don Pedro Casaldáliga celebró una misa el día de finados en uno de los cementerios de São Félix del Araguaia, en Mato Grosso. Al final, en presencia del pueblo y agentes pastorales, dijo: "Quiero que todos ustedes escuchen muy bien, porque voy a deciros algo muy serio: aquí es donde quiero ser enterrado". El "aquí" era lo que el pueblo de la región llama "Cementerio Karajá", donde fueron enterrados muchos indígenas y otros tantos trabajadores rurales ("peones") que venían de muchas partes y eran explotados en las haciendas de ganado.

Junho
18
2019

O Pedro sempre sentiu intensamente a pequena cidade de Serra Nova.

O conflito de mais de 40 anos com a Fazenda Bordom esteve sempre presente. Sempre na lembrança. Inclusive depois que o Pedro não pode ir mais visitar a comunidade de lá, o seu pensamento sempre está com as famílias da Bordom.

Depois de terem tentado assassinar ele e da violência que os latifundiários da Bordom impuseram ao povo do Araguaia, a sua desapropriação total em 2009 se traduziu em uma alegria imensa para o Pedro.

Junho
17
2019

Depois de três dias intensos, com muitas atividades e com mais de 1.500 visitantes, fechamos a VIIª edição da Mostra SOcioambiental do Araguaia.

Como todos os anos, gostamos de fazer uma pequena reflexão sobre o que temos aprendido.

No final das contas, a Mostra é o maior evento do Araguaia, depois da poderosa feira do agronegócio de Confresa, claro…rsrs.

Junho
10
2019

Pedro Casaldáliga es una figura global. Reconocido en todo el mundo por su compromiso, su radical coherencia y su lucha a favor de los campesinos sin tierra, los Pueblos Indígenas y aquellos que más sufren.

Es nuestra inspiración y nuestra luz.

Él, junto a la Hermana Irene y un grupo de laicos, fundaron nuestra organización en 1974: La Asociación ANSA.

Páginas

Newsletter

Assine para receber notícias do blog