ANSA

Promovendo a justiça e a solidaridade no Araguaia
Esta temporada de chuvas 2017-2018, nove mil mudas foram produzidas no viveiro da ANSA e plantadas nos assentamentos Dom Pedro e Mãe Maria, na região do Araguaia. Um trabalho que nos leva a envolver mais de 190 famílias e a ter iniciado o reflorestamento de mais de 350 hectares de áreas degradadas. Como cada ano desde 2009, a ANSA, muda a muda, hectare a hectare, junto às famílias que moram no campo, contribui na recuperação ambiental, na diminuição do impacto das mudanças climáticas e na construção de uma vida digna para todas/os. Participe! Entre em contato!
Mais um ano, e vão 8, a ANSA não enrola, não conversa demais, não publica propaganda demais, não enche as redes sociais de auto-promoção e nem tenta vender a sua visão. Mais um ano, os trabalhos da ANSA são feitos no campo, com o pé no chão, longe dos olofotes da mídia, inclusive da dita "alternativa". Mais um ano, a ANSA, não vende fumaça e não trabalha pra procurar financiadores. Na ANSA, mais um ano, reflorestamos.
Nos dias 17 e 18 de outubro de 2017, a ANSA realizou uma oficina de elaboração de remédios com plantas, ervas e cipós do Bioma Cerrado. As 12 participantes da oficina elaboraram 127 vidros de xarope para tratar a bronquite asmática utilizando os conhecimentos tradicionais da nossa região do Araguaia e utilizando as espécies do Cerrado que estamos cultivando na horta da ANSA, no Centro Comunitário de São Félix do Araguaia. Ao todo, foi um momento de partilha e de disseminação dos conhecimentos que a nossa Comunidade detém e que é necessário repassar para as gerações mais novas.
Reunidas no Assentamento Dom Pedro, a 1.200 quilómetros da capital do Estado de Mato Grosso, na Amazônia Legal brasileira, entre o Araguaia e o Xingu. Ao Excelentíssimo Presidente da República: Neste dia inesquecível gostaríamos de expressar a Indignação que assola ao Povo Brasileiro, o qual nos sentimos fraudados em nossos direitos, nos vimos enganados. É  como se o País estivesse sendo atacado por um “vírus” muito violento, chamado “corrupção”!... Leia a Carta-Manifesto completa AQUI
Mais um ano, iniciamos os trabalhos para reflorestar áreas degradadas nos assentamentos do Araguaia. Até agora já iniciamos a recuperação de 335 hectares em mais de 300 pequenas propriedades nos assentamentos Dom Pedro e Mãe Maria. E seguimos! Na primeira visita técnica deste ano iniciamos o processo para ajudar a cada família decidir e planejar a sua proposta de plantio para esta safra. Assim, avaliamos juntos as tarefas que realmente vão fazer na sua área de APP's ou nascentes, decidimos o tipo de mudas e sementes mais adequadas para a sua área de recuperação, o tipo e quantidade de material que iremos precisar, etc. Este processo de discussão, visitas e preparo dos plantios tem que ser rápido: até as primeiras chuvas começarem e termos que colocar as mãos na massa e plantar! Vamos nessa!

Páginas